sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Batista Era O João...

Entendi que sempre fui Batista. Da Igreja Batista. Pelo menos era. Não sei se porque sempre fui levado, ou porque apesar de sempre ser levado, escolhi ser porque aceitei o chamado de Cristo.
Mas o que está acontecendo nas Igrejas Batista?
O mesmo que com as outras, dirão. Mas como não conheço a realidade das outras, não posso falar nada.
Penso que o grande problema das Igrejas Batista, é a falta de liderança. Não uma liderança local (isso elas teem até demais), mas uma Liderança Nacional. Fato é que a Convenção Batista, a meu ver, só serve para o que "convém" mesmo. Recebe doações e não se mete nos assuntos das associadas.
Não quero de forma alguma, levantar quaisquer suspeitas quanto às ações da Convenção Batista. Todos sabemos que é um órgão sério. Dedicado ao serviço do Senhor. Confio plenamente nisso.
O que estou falando é que o papel dela tinha que ser mais amplo. Ela tinha que ter o controle das igrejas. Ela tinha que liderar as igrejas. O que acontece nas igrejas, tinha que passar pela Convenção.
Talvez assim, veríamos menos equívocos acontecendo. Teríamos menos fiéis decepcionados. Eu estaria menos desacreditado.
Gente que bota pastor para fora, gente de vida dupla, gente sem temor. Temor de Deus mesmo.
Ou pensam que ficarão impunes só porque aqui na Terra não há quem os denuncie e repreenda??
A Justiça de Deus não falha. Essa não falha!
Se escondem atrás de frases feitas, tentando aliviar as consciências. Como se as tivessem...
Deus é Amor!!! Jesus Cristo já pagou todos os meus pecados!!!
Essas são algumas das frases mais queridas no meio evangélico. Parecem palavras mágicas. É como se ao dizê-las, tudo fica bem. Bem ao meu gosto...
E a Justiça, fica anulada? Porque Deus me ama, Ele deixa de ser Justo para comigo? Creio que NÃO!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário