segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Decepção #1000

Realmente surpreende a capacidade das pessoas de serem más.
Más amigas. Más mesmo.
Por que perdem tempo envenenando e destruindo relações?
Fingem amizade. Fingem lealdade. Fingem honestidade.
Te abraçam, mas com uma faca em cada mão...
É claro (e verdade) que existem exceções. Mas não é disso que estou falando...
O que estou falando é de gente infeliz.
Gente que perde tempo cuidando e vigiando a vida dos outros.
Gente que prega uma verdade que é incapaz de viver.
Gente que devia estar no inferno. Mas dá pena do diabo desejar isso.
Há pouco tempo, estive interessado em uma menina. Mas nunca lhe falei disso.
Solteiro eu. Solteira ela. Qual o problema nisso?
Pensava seriamente em declarar o meu querer. Mas a vida agiu.
Ela começou a namorar.
Meu querer se encolheu. Desapareceu.
Por completo? Não sei dizer...
Mas respeitei a escolha dela como tinha que ser.
E mesmo antes, sempre a respeitei.
Fiquei quieto. Curtindo a minha vontade de estar com ela. Sem estar...
E nada mais!
De algum modo, alguém usou isso contra mim.
Ela sumiu. Apagou-se da minha vida.
Por maldade.
Falta de capacidade.
Gente assim...
Me deixa enojado!
Mas o pior, é saber quem são.

Nenhum comentário:

Postar um comentário